10.12.06

Bethânia e Sophia


"O mar azul e branco e as luzidias pedras (...)/ Onde o que está lavado se relava/ Para o rito do espanto e do começo/ Onde sou a mim mesma devolvida/ Em sal, espuma e concha regressada/ À praia inicial da minha vida"
(Sophia de Mello Breyner Andresen, Inicial)
Há dias estou para comentar o belíssimo disco Mar de Sophia, um dos mais recentes lançamentos de Maria Bethânia. Graças aos deuses (e orixás) Bethânia vem gravando, nestes dois últimos anos, aquele repertório refinado que marcou o início de sua carreira - mas não o meio, na minha opinião, em que predominaram muitas canções bregas -, acompanhado de muita muita poesia. Neste lançamento, a homenagem é aos compositores que cantaram o mar e, acima de tudo, à grande escritora portuguesa Sophia de Mello Breyner Andresen (1919-2004), de quem lê poemas (como o transcrito acima) . O resultado é irrepreensível, assim como seu CD em homenagem a Vinícius, Que Falta Você Me Faz, este do ano passado. E o maravilhoso DVD do show Tempo Tempo Tempo Tempo, gravado também em 2005 em São Paulo. O DVD, além do mais, tem um extra apaixonante, com a intérprete em casa, falando de poesia e declamando vários poetas.
Já o documentário Música É Perfume, do documentarista francês Georges Gachot, deixa um pouco a desejar. Embora mostre bastidores da vida artística de Bethânia, ensaios, trechos de show e traga depoimentos da mãe dela, de Caetano, Chico, Miúcha e Nana Caymmi, peca por não nos dar mais detalhes (e imagens) sobre o início da carreira de Bethânia, sobre sua infância e juventude.
Para quem é aficionado, no entanto, recomendo o DVD Saravah, documentário sobre MPB do também cineasta francês (e cantor) Pierre Barough gravado em fevereiro de 1969, no qual vemos Bethânia aos 21 anos (tocando violão e tudo numa mesa de bar), ao lado de Paulinho da Viola. Saravah traz, ainda, imagens e depoimentos de Pixinguinha, João da Baiana, Baden Powell e Marcia, resgate histórico feito pela melhor gravadora de música brasileira da atualidade, a Biscoito Fino, aliás responsável por todos os CDs e DVDs comentados acima.
Gente, é preciso ouvir Mar de Sophia e também ler seus poemas (veja abaixo)! Para quem quiser mais, há, no Brasil, uma antologia da autora publicada em 2004 pela Companhia das Letras.

2 Comments:

At 15/12/06 19:15, Blogger Simone Iwasso disse...

Descobri a Sophia com esse CD. To encantada com os poemas dela. Dando uma busca, achei uma livraria portuguesa no centro que tem outros livros dela, além dessa edição da Cia das Letras. Belíssimo!

 
At 1/1/07 21:03, Blogger buliversando disse...

Eu gestei bastante desse cd, por sinal adoro um tanto Bethânia, nao consegui ver o filme que aqui passou no festival mais em alguns poucos lugares nunca batendo com meus horarios e tais.

Gostei desse como o outro que ela lançou junto Pirata, vc ouviu?

Quanto ao brega e já assumi isso a um tempo, gosto de monte um de coisas, como filha da pop art talvez, enfim...

Mas fiquei grata com a visita.

Você chegou a assistir o Dvd tbm da independente mas poderosa Biscoito Fino: Outros Barbaros?

Achei que podia ser mais, mas mesmo assim gostei.

Até.

 

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home